Café

Imprimir esta dica



O café é uma bebida produzida a partir dos grãos torrados do fruto do cafeeiro.
É servido tradicionalmente quente, mas também pode ser consumido gelado.
O café é um estimulante, por possuir cafeína — geralmente 80 a 140 mg para cada 207 ml dependendo do método de preparação.

Em 2003, o café foi o sétimo produto agrícola de exportação mais importante em termos de valor, atrás de culturas como trigo, milho e soja.
Minas Gerais é o estado com maior produção de café do Brasil.



Uma chícara de café


Grãos de café Conilon


Grãos de café Arábica


Grãos de café Arábica torrados


Produção de café no Brasil



Fazenda típica de café, vista do terreiro de secagem do café ao fundo instalações - Avaré.

Em 1727, o sargento-mor Francisco de Melo Palheta, a pedido do governador do Estado do Grão-Pará, lançou-se numa missão para conseguir mudas de café, produto que já tinha  grande valor comercial. Para isso, fez uma viagem à Guiana Francesa e lá se aproximou  da esposa do governador da capital Caiena. Conquistada sua confiança, conseguiu dela  uma muda de café-arábico, que foi trazida clandestinamente para o Brasil.

Das primeiras plantações na Região Norte, mais especificamente em Belém, as mudas foram usadas para plantios no Maranhão e na Bahia, na Região Nordeste.
As condições climáticas não eram as melhores nessa primeira escolha e, entre 1800 e 1850, tentou-se o cultivo noutras regiões: o desembargador João Alberto Castelo Branco trouxe mudas do Pará para a Região Sudeste e as cultivou no Rio de Janeiro, depois São Paulo e Minas Gerais, locais onde o sucesso foi total.
O negócio do café começou, assim, a desenvolver-se de tal forma que se tornou a mais importante fonte de receitas do Brasil e de divisas externas durante muitas décadas a partir da década de 1850.




Lavouras de café no Brasil

Consumo e produção atual no Brasil

Atualmente o Brasil consome anualmente 20 milhões de sacas de café, o que corresponde a 173 bilhões de xícaras. Apesar de ser o principal exportador do grão sem valor agregado, o volume de café torrado e moído exportado diminui a cada ano. Com o aparecimento dos cafés blends, que misturam cafés de várias procedências,  o café brasileiro perde competitividade, já que a lei brasileira impede a importação  de café verde de outros países.

Na Europa
 


Café Nicola, em Lisboa

O café é, atualmente, a bebida preparada mais consumida no mundo, sendo servidas cerca de 400 bilhões de xícaras por ano. O tipo de café mais comum é o arábica, ocupando cerca  de três quartos da produção mundial, seguido do robusta, que tem o dobro da cafeína contida no primeiro.

O café e a saúde

A maioria das pessoas que consomem café diariamente desconhece as substâncias contidas no café e seus efeitos terapêuticos:

•O café contém vitamina B, lipídios, aminoácidos, açúcares e uma grande variedade de minerais, como potássio e cálcio, além da cafeína.

•O café melhora o desempenho na prática de esportes.

•Melhora a taxa de oxigenação do sangue.

A cafeína chega às células do corpo em menos de 20 minutos após a ingestão do café.  No cérebro, a cafeína aumenta a influência do neurotransmissor dopamina.

Entre os malefícios causados pelo consumo excessivo de café podemos listar:

•Ação diurética que pode desencadear perda excessiva de minerais e oligoelementos,  aminoácidos e vitaminas essenciais.

•Causa enfraquecimento do organismo através da perda de sódio, potássio, cálcio, zinco, magnésio, vitaminas A e C, bem como do complexo B.

•Provoca uma maior secreção de ácido clorídrico, podendo causar irritação de mucosas  do aparelho digestivo desencadeando quadros de gastrite, úlceras pépticas e colites.

•Pode ser indutor de arritmias em pessoas predispostas.

•Em hipertensos pode antagonizar o efeito de alguns antihipertensivos e pode contribuir para aumento pressórico e ou descontrole dos níveis pressóricos.

Valor nutricional em cada 100 g

Carboidratos: 0 g;
Gordura: 0,02 g;
Gordura saturada: 0,02 g;
Gordura monoinsaturada: 0,015 g;
Gordura polinsaturada: 0,001 g;
Água: 99,39 g;
Proteínas: 0,12 g;
Cafeína: 40 mg;
Vitamina B1: 0,014 mg;
Vitamina B2: 0,076 mg;
Vitamina B3: 0,191 mg;
Vitamina B6: 0,001 mg;
Vitamina E: 0,01 mg;
Vitamina K: 0,0001 mg;
Cálcio: 2 mg;
Ferro: 0,01 mg;
Magnésio: 3 mg;
Fósforo: 3 mg;
Potássio: 49 mg;
Sódio: 2 mg;
Zinco: 0,02 mg.

Produção

Principais produtores   (venda em milhares de ton)

  Ano                                   1984                  1994                   2004

  Brasil                        1 284   25%        1 692      30%       2 356      35%
 
  Vietname                  14        0%          212         4%        831         12%
 
  Colômbia                  662       13%        779        14%       684         10%
 
  Indonésia                  373       7%         377         7%        443          7%
 
  Etiópia                      139        3%        152          3%       300           4%
 
  Índia                         196       4%        169           3%       231           3%
 
  Guatemala                 170       3%        227           4%       221           3%
 
  México                      260        5%        250          4%       204           3%
 
  Peru                         70          1%        71            1%       201           3%

  Uganda                     153        3%        144           3%       165          2%

  Honduras                   86         2%        131           2%       155          2%

  Costa Rica                 151        3%        150           3%       107          2%

  Costa do Marfim         289       6%        180            3%       105         1%

  El Salvador                134       3%         138            2%       85          1%

  Nicarágua                  51         1%        41              1%       68           1%

  Papua-Nova Guiné      45          1%       68              1%        60           1%

  Equador                    83          2%       143             3%        56           1%

  Tailândia                   28          2%       84              1%        48           1%

  Tanzânia                   50          1%       41               1%       48           1%

  Camarões                  95          2%      24               0%       44            1%

  Quênia                      3            2%      100              2%       43            1%

  Venezuela                  59          1%       56               1%       42           1%

  Outros                       554        11%      397             7%       264         4%

  Total                         5 039     100%     5 624          100%    6 760      100%

  Fonte:OIC


Referências

1. Erowid. Caffeine Content of Beverages, Foods, & Medications.

2. Portillo, L. (1993) "El Convenio Internacional del Café y la crisis del mercado". Comercio Exterior 43: 378-391.

3. FAOSTAT Agriculture Data. Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação.





Congresso Brasileiro de Arritmias Cardíacas 2016 - Dr.
 
Associação Entre Apneia Obstrutiva do Sono e Infarto Do Miocárdio: Uma Revisão Sistemática -

Resumo

A apneia obstrutiva do sono (AOS) tem sido associada a fatores de risco cardiovascular, porém a relação entre a AOS e doença cardiovascular ainda é controversa.

 
Periodicamente estaremos divulgando aqui receitas simples mas saudáveis, de fácil preparo e de excelente sabor.

Última Receita :
Entradas: Rocambole de Batatas Com Espinafre
 
Não deixe de acessar este espaço. Mensalmente estaremos sempre colocando diversas dietas e orientações para melhor atender nossos clientes.

Última Dieta/Orientação :
Teor de Colesterol Nos Alimentos
 
 
 
Acesso Rápido
» Conheça a Eletrocor » Novidades Eletrocor
» Nossos Profissionais » Receitas Saudáveis
» Área de Atendimento » Material Eletrocor
» Rede de Atendimento » Fale Conosco
Atendimento : ( (54) 3223.1222
Laboratório Cárdio Diagnóstico
Rua Bento Gonçalves, 2048 - 2º andar
Fax (54) 3223-3698
eletrocor@eletrocorcardiologia.com.br
Caxias do Sul - RS