Aparelhos de Ronco e Apnéia do Sono

vídeos

Clique para ampliar

 O RONCO TEM TRATAMENTO ?


 O ronco é uma manifestação do organismo frente à dificuldade respiratória que ocorre durante o sono, sendo causado pela vibração dos tecidos posteriores da garganta, resultando em maior resistência das vias aéreas à passagem do ar. A obstrução das vias aéreas provoca o que chamamos de apnéia, que consiste na parada momentânea da respiração, podendo ocorrer diversas vezes durante uma noite de sono, provocando prejuízos ao organismo como sonolência e cansaço diurnos, diminuição de concentração, envelhecimento precoce e desenvolvimento precoce de doenças degenerativas como o Mal de Parkinson, arritmias e hipertensão arterial com suas consequências como infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral e formação de aneurismas vasculares. A apnéia obstrutiva do sono ocorre, principalmente, em pessoas com sobrepeso, mulheres na menopausa e em indivíduos que dormem de barriga para cima e que consomem bebidas alcoólicas no período da noite. As pausas respiratórias que caracterizam a apnéia do sono geralmente precedem movimentos respiratórios profundos com múltiplos despertares durante a noite que são reflexos protetores do sistema nervoso central frente à diminuição da oxigenação imposta pela apnéia.
 Outros fatores também podem estar relacionados ao ronco, como: idade, estresse, estilo de vida, sedentarismo, obstruções nasais, problemas hormonais (hipotireoidismo) e, principalmente, o tamanho da mandíbula (queixo pequeno). O uso de bebidas alcoólicas, antidepressivos e relaxantes musculares podem gerar ou agravar o ronco e as apnéias, pois provocam um relaxamento maior dos músculos da garganta favorecendo o colapso. A obesidade e a deposição de tecido adiposo na região cervical dificultam a passagem de ar pelas vias aéreas provocando obstrução e apnéia. 
 A polissonografia é exame que comprova a presença do ronco e quantifica a severidade da apnéia. 
 O tratamento do ronco e da apnéia é multidisciplinar. O dentista ortodontista, com atuação na área do sono pode atuar de forma decisiva indicando um aparelho intra-oral (dentro da boca) eficiente e com alto índice de aceitação, que reposiciona a mandíbula, impedindo o colapso dos tecidos da garganta e proporcionando melhora da passagem de ar com diminuição do ronco e dos episódios de apnéia.
 São limitações ao aparelho intra-oral: possuir menos de 5 dentes na arcada dentária, presença de próteses totais móveis de arcada inferior(dentaduras) e desmotivação do paciente.
 Outra ferramenta terapêutica utilizada na apnéia do sono é o CPAP, que consiste em uma máscara nasal de oxigênio com pressão positiva que mantém a faringe mais aberta favorecendo o trânsito de ar.
 O restabelecimento do sono fisiológico com minimização de roncos e apnéias proporciona descanso restaurador, disposição melhorada às atividades diárias, melhor qualidade de vida e prevenção de doenças potencialmente graves.



» Clique aqui e confira todos os serviços de odontologia cadastrados em nosso site



Congresso Brasileiro de Arritmias Cardíacas 2016 - Dr.
 
Associação Entre Apneia Obstrutiva do Sono e Infarto Do Miocárdio: Uma Revisão Sistemática -

Resumo

A apneia obstrutiva do sono (AOS) tem sido associada a fatores de risco cardiovascular, porém a relação entre a AOS e doença cardiovascular ainda é controversa.

 
Periodicamente estaremos divulgando aqui receitas simples mas saudáveis, de fácil preparo e de excelente sabor.

Última Receita :
Entradas: Rocambole de Batatas Com Espinafre
 
Não deixe de acessar este espaço. Mensalmente estaremos sempre colocando diversas dietas e orientações para melhor atender nossos clientes.

Última Dieta/Orientação :
Teor de Colesterol Nos Alimentos
 
 
 
Acesso Rápido
» Conheça a Eletrocor » Novidades Eletrocor
» Nossos Profissionais » Receitas Saudáveis
» Área de Atendimento » Material Eletrocor
» Rede de Atendimento » Fale Conosco
Atendimento : ( (54) 3223.1222
Laboratório Cárdio Diagnóstico
Rua Bento Gonçalves, 2048 - 2º andar
Fax (54) 3223-3698
eletrocor@eletrocorcardiologia.com.br
Caxias do Sul - RS